fbpx

Bem vindo(a), Visitante! [ Cadastre-se | Login

A internet no mundo dos negócios

Uncategorized maio 2, 2019

“Dirigir bem um negócio é administrar seu futuro; dirigir o futuro é administrar informações.”
(Marion Harper)

Não é de hoje que o comércio eletrônico vem mudando a forma dos negócios. Na vida particular, ou no comércio, o administrador se depara a todo instante com a presença marcante da Internet. Hoje o consumidor está cada vez mais usando da internet para negociar. A Internet está hoje em todos os lugares. O administrador precisa se impor diante dessas mudanças, pois a cada dia o comércio se modifica, torna-se mais complexo, competitivo e globalizado. Neste trabalho, pretendo apresentar a grande importância dessa brilhante ferramenta auxiliadora na vida comercial e mostrar também como o administrador deve utilizá-la mais amplamente e da melhor forma possível.


A internet, o maior e mais bem desenvolvido sistema de rede, uma colônia de pessoas conectadas a milhares de redes no mundo inteiro. O comércio eletrônico entre as empresas, seus clientes e fornecedores estão se tornando empreendimentos interligados. Este trabalho visa obter uma resposta, comprovando que a Internet influencia muito na Vantagem Competitiva no mundo dos negócios. Quem usa da internet possui uma ótima ferramenta de informação e de interação. Pretendo mostrar as relações entre Empreendedorismo e as novas oportunidades de Negócios na Internet. Para os empresários que não possuam Internet é necessário começar a rever as suas estratégias de negócios a implantar a internet de uma forma bem estudada.
Estamos muito familiarizados com a internet, ela está muito presente em nosso cotidiano, seja quando recebemos e enviamos emails, buscar informações e conhecimento, namoro, busca de atividades profissionais etc. O comportamento da sociedade foi mudado, principalmente a forma de como comprar e realizar transações. As pessoas estão comprando cada vez mais pela internet, é muito bom e fácil, nem é preciso sair de casa. É um setor que está em grande crescimento e é uma excelente oportunidade de trabalho.
A Internet é semelhante a uma comunidade global, que não possui nenhuma fronteira e sem nacionalidade, um espaço onde nós podemos ter livre acesso e circulação de informações. Com um número cada vez mais crescente de usuários, milhares empresas se lançam nessa gigante rede em busca de novos clientes e novos mercados e novas possibilidades de empreender.
Muitos empreendedores encontraram desafios em divulgar e comercializar seus produtos e serviços pela Internet. Este trabalho propõe mudar o pensamento e o medo relacionado a prática do comércio eletrônico.
Segundo dados divulgados pela empresa de pesquisa comScore, o número de pessoas que navegam na web chegou à marca de 824 milhões em janeiro de 2008, o que representa um crescimento de 10,4%.
“As novas tecnologias evoluem a cada instante levando muitas informações ao redor do mundo sem segundos. Estar disponível na Internet significa estar atualizado em tempo real com o que se passa pelo mundo.” (O’Brien, 2002)
O’Brien (2002) afirma que as empresas estão se tornando empreendimentos interconectados. A Internet e as redes similares a ela – dentro da empresa (intranets), entre uma empresa e seus parceiros comerciais (extranets) e outras redes – têm se tornado a principal intra-estrutura de tecnologia da informação no apoio às operações de muitas organizações.
Segundo pesquisa do Ibope/NetRatings, “A internet é uma das principais formas de exposição de produtos, serviços e de informações. o Brasil tem 40 milhões de internautas. A pesquisa constatou que esses usuários acessam da residência, da escola, do trabalho, de cybercafés ou de lan houses.”

INTERNET

A Internet é um conglomerado de redes em escala mundial de milhões de computadores interligados pelo Protocolo de Internet que permite o acesso a informações e todo tipo de transferência de dados. A Internet é a principal das novas tecnologias de informação e comunicação (NTICs). Ao contrário do que normalmente se pensa a Internet não é sinônimo de World Wide Web. Esta é parte daquela, sendo a World Wide Web, que utiliza hipermídia na formação básica, um dos muitos serviços oferecidos na Internet. De acordo com dados de março de 2007, a Internet é usada por 16,9% da população mundial (em torno de 1,1 bilhão de pessoas).

TIPOS DE CONEXÃO

Métodos comuns de acesso doméstico à Internet incluem o acesso discado ou por banda larga por cabos (como ADSL, ISDN), rádio, acesso dedicado, sem fio (Wi-Fi), por satélite ou por telefones celulares 3G. Locais públicos para acesso à grande rede incluem bibliotecas e cyber cafés, nos quais computadores conectados são disponibilizados para uso temporário. Existem também pontos de acesso em locais públicos, como aeroportos e cafés, acessíveis por meio de rede sem fio. Para isso, o utilizador deve possuir um dispositivo cliente de acesso, tal qual um PDA ou laptop. O acesso pode ser restrito por senhas, para a comercialização do tempo de uso. A Internet tornou-se um grande mercado para empresas, que fazem uso da natureza eficiente da publicidade com baixo custo e do comércio eletrônico. A rede mundial é a forma mais rápida de difundir informação simultaneamente para uma grande quantidade de pessoas. Com os recursos eletrônicos oferecidos pelo meio, e as informações que um anunciante pode obter do histórico do cliente, o marketing personalizado foi facilitado na Internet.

E-COMMERCE

Comércio eletrônico ou e-commerce, ou ainda comércio virtual, é um tipo de transação comercial feita especialmente através de um equipamento eletrônico, como, por exemplo, um computador. É o ato de vender ou comprar pela internet. O mercado mundial está absorvendo o comércio eletrônico em grande escala. Muitos ramos da economia agora estão ligados ao comércio eletrônico. Seus fundamentos estão baseados em segurança, criptografia, moedas e pagamentos eletrônicos. Ele ainda envolve pesquisa, desenvolvimento, marketing, propaganda, negociação, vendas e suporte. Através de conexões eletrônicas com clientes, fornecedores e distribuidores, o comércio eletrônico incrementa eficientemente as comunicações de negócio, para expandir a participação no mercado, e manter a viabilidade de longo prazo no ambiente de negócio.

FATURAMENTO DO E-COMMERCE NO BRASIL

Segundo a e-bit, empresa de pesquisa e marketing on-line, entre janeiro de 2001 e janeiro de 2005 o faturamento do comércio eletrônico brasileiro teve crescimento nominal (sem descontar a inflação) de 400%. A pesquisa considera todo o varejo virtual do país, com exceção dos sites de leilões, venda de automóveis e de passagens aéreas. O levantamento mostra um crescimento de 63% no valor do gasto médio de cada consumidor nesses quatro anos. Revela ainda um aumento no número de transações realizadas e dos adeptos das compras virtuais. Em 2001, pouco mais de 700 mil pessoas tinham feito pelo menos uma compra virtual. Neste ano, 3,25 milhões disseram já ter comprado pela internet. “Os números são extremamente positivos, se considerarmos que há cinco anos praticamente não havia lojas nacionais vendendo pela internet”, afirma Pedro Guasti, diretor-geral da e-bit. Guasti afirma que as empresas virtuais se deram conta das vantagens da comercialização de produtos com maior valor agregado, como os eletroeletrônicos. A cada dia esses números crescem mais e mais, a cada dia a internet acumula recordes e mais recordes em seu histórico.

E-BUSINESS

E-business, acrônimo do inglês Electronic Business (negócio eletrônico), é o termo que se utiliza para identificar os negócios efetuados por meios eletrônicos, geralmente na Internet. Muitas vezes é associado ao termo comércio eletrônico. Conjunto de sistemas de uma empresa que se interligam e interagem com os sistemas de diversas outras empresas servindo como a infra-estrutura do E-Commerce (comércio eletrônico).
Pode-se definir e-business como negócios feitos através da Internet no sentido mais amplo da palavra negócio, desde contatos diretos com consumidores, fornecedores como também análises de mercado, análises de investimentos, busca de informações sobre o macroambiente, pesquisa de mercados, etc.
E-business tem como aplicação a criação de sistemas capazes de prover comunicação entre empresas agilizando os processos de compra e venda entre as mesmas. Existem inclusive sistemas que fazem pedidos automáticos para outras empresas de acordo com o seu estoque de produtos, facilitando assim todo o processo de fabricação e venda.

E-MARKETING

E-marketing ou Marketing eletrônico Traduz-se na utilização das tecnologias de informação e comunicação no processo de criação, comunicação, fornecimento de valor aos consumidores e gestão das relações com os clientes, de forma a beneficiar a organização e os seus públicos alvo. E-Marketing pode ser conceituado como os esforços das empresas em informar, comunicar, promover e vender seus produtos e serviços pela internet. Esta modalidade de promoção apresenta grandes vantagens em relação aos veículos de marketing tradicionais como o fato de tanto grandes como pequenas empresas podem enfrentar seus custos já que estes são relativamente baixos, não há limite real de espaço para propaganda, o acesso é rápido e o site fica disponível para o mundo todo, sem limitações geográficas. Friedman (2005) afirma que nunca antes na história da humanidade tantas pessoas tiveram a possibilidade de encontrar tantas informações sobre tantas coisas em um único local. Assim, o uso da internet como ferramenta importante na busca de qualquer tipo de informação deixou de ser uma novidade e se tornou um hábito para as pessoas em qualquer parte do globo, o marketing soube identificar nessa rede mundial de computadores um potencial canal de promoção e distribuição de produtos e serviços. A acessibilidade à internet além de tornar muito mais ágil e eficiente a forma com que as pessoas se comunicam e procuram por informações também viabilizou o surgimento de uma nova modalidade de comercialização. Kotler (2006) afirma que as empresas podem operar através da internet um poderoso canal de vendas e informação obtendo um alcance geográfico ampliado para divulgar e promover seus negócios e produtos em qualquer parte do mundo. O e-marketing é calcado nos mesmos conceitos do marketing tradicional em integrar um meio através do qual, indivíduos tenham suas necessidades identificadas e supridas através da criação, divulgação, oferta e troca de produtos. A internet é o canal utilizado pelo e-marketing para realizar essa comunicação de valor e propiciar interatividade ao cliente, possibilitando maior troca de informações e um relacionamento individualizado – marketing one to one. O e-marketing tem a sua base no e-commerce (comércio eletrônico via inernet), seja este business to business ou business to consumer. Este novo canal de divulgação e promoção de produtos agrega a possibilidade de exposição global ao tradicional composto de marketing: produto, preço, praça (ponto de venda, distribuição) e promoção (propaganda, comunicação). Este incrementa potencialmente as relações de interação entre empresas e público-alvo, constitui uma ação complementar ao mix de marketing. As empresas hoje em dia enfrentam o desafio de eliminar o abismo que existe entre a administração tradicional e a forma como os negócios são gerenciados na ótica do comércio eletrônico. A maioria das empresas precisará alterar drasticamente os alicerces que as guiaram até aqui, reformulando seus conceitos sobre onde é possível criar valor e como captá-lo. A internet está provocando uma transformação excepcional no mundo dos negócios, exigindo que as organizações deixem de lado muito do que foi aprendido até agora e passem a pensar no capitalismo globalizado a partir de uma óptica mais avançada, que até pouco tempo atrás nem era concebível, onde empresas e consumidores não possuem fronteiras.

CONCLUSÕES

A internet é um diferencial competitivo, um aspecto inovador e de muita qualidade que se faz muito importante para driblar a concorrência. A nossa vida hoje está sendo muito influenciada pela internet, pois afeta a empresa onde trabalhamos, afeta os locais onde estudamos (escola, faculdade, universidade, etc.), e assim como em vários outros pontos da nossa vida. Enfim, a internet faz algo pequeno virar gigante e faz algo desconhecido se tornar mundialmente reconhecido. Temos hoje um novo mercado, um mercado mundial. A internet pode ser vista como oportunidade para aqueles que adotarem a internet como um diferencial de competitividade indispensável em seu negócio e também como ameaça para os que ficarem parados, esperando passivamente pelos acontecimentos. Assim como a internet significa potencial de sucesso para uns, para outros significa fracasso, isto é, algumas empresas se vêem obrigadas a entrar na Internet, mesmo que tardiamente, para tentar recuperar sua participação de mercado. A Internet já está englobando todos os negócios, as empresas que não se adequarem a este novo formato de negociar poderão desaparecer em muito pouco tempo. A internet pode ser definida em poucas palavras: globalização, interação, informação e melhoria de vida. “Ela é uma aldeia global, onde todos os povos podem ter acesso aos bens e informações produzidos no mundo todo”.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Livros

FRANCO JR., Carlos F. E-Business: Tecnologia de informação e negócios na internet. São Paulo: Ed. Atlas, 2001.
EDWARDS, Paul E Sarah; ROHRBOUGH, Linda. Ganhando Dinheiro na Internet: Informações importantes para iniciar e desenvolver seu próprio negócio on-line. São Paulo: Makron Books, 2000.
HAGEL, John; ARMSTRONG, Arthur G. Vantagem Competitiva na Internet: Como criar uma nova cultura empresarial para atuar nas comunidades virtuais. 3. ed. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 1998.
O’BRIEN, James A. Sistemas de Informação e as Decisões Gerenciais na era da Internet. Saraiva: Rio de Janeiro, 2002
TURBAN, Efraim; KING, David. Comércio Eletrônico: Estratégia e Gestão. São Paulo: Prentice Hall, 2004

Meios Eletrônicos
http://www.grupos.com.br/blog/rhsi/permalink/37760.html
http://www.artup.com.br/home/index.php?option=com_content&view=article&id=44&Itemid=60
http://www.inovasite.com/2010/ver.php/id=6&grupo=2http://www.netsaber.com.br/resumos/ver_resumo_c_41841.html
http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u18220.shtml
http://www.e-commerce.org.br/artigos/empreendedorismo-avanca.php
http://www.e-commerce.org.br/empreendedorismo_web.php
http://pt.wikipedia.org/wiki/E-business
http://pt.wikipedia.org/wiki/Com%C3%A9rcio_eletr%C3%B4nico
http://pt.wikipedia.org/wiki/Internet
http://pt.wikipedia.org/wiki/Marketing_de_Internet
Parte de Livros/Monografias

http://www.biblioteca.sebrae.com.br/bds/BDS.nsf/89FBBF8B6662092303257171006A5677/$File/NT000B0F62.pdf
Fonte: www.administradores.com.br

Sem Tags

342 total de visualização, 2 hoje

  

Links patrocinados

Deixe uma resposta

Amigos

  • HelenaPequena
  • SDA Engenharia
  • Salomé Bar
  • SoroMania

Curta nossa Página!